Objectivos | Calendário e Localização | Estrutura | Coordenação e Professores | Plano de Estudos | Testemunhos | Galeria | Informações | Links

Testemunhos

Testemunho 1

O Curso Waldorf de Lisboa ocupará sempre um lugar muito especial na minha Vida…

Durante os 4 anos de formação, nunca me esquecerei do estímulo intelectual e artístico que o Curso me proporcionou; da intensidade dos residenciais, momentos de consolidação, transformação, “saltos” e avanços; do “encantamento” que senti como Professora com todas as técnicas e práticas didácticas e respectiva fundamentação (apesar de ter frequentado o Curso de Professores do Ensino Básico, na Escola Superior de Educação de Lisboa, considero o Curso Waldorf de Lisboa como sendo a minha principal formação profissional, tendo sido e ainda sendo o “leme e a âncora” na minha vida); do apoio que senti no início da minha carreira como professora do 1ºciclo, ajudando-me a ultrapassar os sentimentos de frustração, impotência e desmotivação que se estavam a instalar em mim; da transformação que senti na amplitude do meu campo de visão em relação a mim, à criança, ao ser humano e ao Mundo; da equipa pedagógica multicultural, através da qual a educação foi abordada como um tema universal; da abertura e “Espaço infinito interior” que ficou em mim e que me permitiu, perante qualquer situação de vida, encontrar naturalmente uma vontade e motivação para actuar no Mundo… Só de pensar no que me apetece fazer e no que eu gostava de aprender, parece-me que a vida é curta demais, ou melhor dizendo, interessante demais!

Ana Sara Dente
Ex Aluna do Curso

 

Testemunho 2

Quero descrever a revolução que este Curso me proporcionou.

Inicialmente, uma revolução que vinha de fora, ou seja, uma revolução desencadeada dentro de mim através dos acontecimentos exteriores que vivenciava ao meu redor.
O ano 0 foi o deslumbre. O êxtase de ter encontrado finalmente o que há muito procurava mesmo sem nunca o saber. Os anos 1 e 2 a revolução descrita anteriormente. Revolução onde imperava a revolta perante o próprio Curso. Uma revolta quanto às estruturas, professores, métodos, alunos, enfim, tudo. Tudo menos eu! O ano 3 o início da compreensão e de uma revolução muito mais subtil. Esta sim virada mais para dentro e identificando que era o meu percurso que tinha de se alterar.

Nestes 4 anos pude vivenciar, do meu ponto de vista, a realidade de uma Escola Waldorf. A intensidade de trabalhar lado a lado com todos na constante construção de um Curso que todos possam individualmente percorrer.

Continuando na revolução, findos 3 anos a dar aulas na Escola livre do Algarve e 1 ano em que quase terminei este curso (falta-me entregar e apresentar o trabalho final e bastantes coisas mais), constato que ainda existe um longo percurso a fazer. Percebo porque é que os Coordenadores fizeram questão de me fazer vivenciar a Antroposofia (de a conhecer, sentir e aplicar) ao invés de me darem o que tantos alunos ansiavam – técnicas e materiais pedagógicos para se aplicar diretamente na nossa profissão. Obrigado. Este desejo, de obter o que não se pode ter, fez crescer em mim uma revolução e perceber que é através das bases que me foram transmitidas, muitas vezes quase impercetiveis no decorrer do Curso,  que tenho a possibilidade de me ir tornando, a cada dia que vai passando, um Professor Waldorf.

Como Professor tenho de ser um revolucionário pois tenho de educar crianças para serem indivíduos atuantes no mundo. Para tal não os posso formar delimitado pelo que observo hoje mas sim, por uma visão que englobe o passado, presente e futuro tanto das crianças como também do mundo. As crianças irão atuar numa sociedade que não é a de hoje, logo tenho de me revolucionar, nunca esquecendo onde estou, tenho a tarefa de perceber o percurso destas crianças e o curso do nosso mundo.

Ainda não sei como o fazer, nem sequer sei se algum dia o saberei, mas este é o meu PerCurso que só eu posso percorrer.

Eternamente grato a todos com os quais me cruzei neste PerCurso e eternamente encantado por vos ter ao meu lado neste “Maravilhoso Desafio”.

O vosso,

João Ferreira
Aluno eterno do PerCurso Waldorf

Veja aqui testemunho vídeo
Veja ainda
aqui fotos
(no Jardim de Infância Waldorf Internacional - Associação Infância Viva)

 

Testemunho 3

Veja aqui testemunho Esccola Livre do Algarve

 

F. Pedro Oliveira para Associação PerCurso Waldorf | 2017